quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Palavras

***Palavras***
Eu na tentativa de entender o mundo,
muitas das vezes perco-me em palavras que sei serem ocas e sem sentido,
tento acreditar nelas a qualquer custo,
mas decepciono-me de seguida quando acontece o inevitável
e logo descubro que eram vazias e sem significado nenhum.
Afinal as palavras são palavras nada mais
e se não forem acompanhadas de atos perdem-se no tempo
e a sua força se transforma num passado distante e irreal do que uma vez foi um sonho.
Não que sejam sempre falsas mas sós não têm o poder de perdurar numa vida repleta de mudanças.
Por vezes são palavras ditas com o intuito de alcançar um objetivo,
outras são palavras em parte, sentidas.
Meias palavras, meias verdades e cada qual tem de interpreta-las,
fazê-las suas ou deixá-las voar como notas de música ao vento.
Palavras que mudam com cada resposta, cada gesto, cada ação,
é impossível saber para onde vão e dificilmente descobrir de onde realmente vêm.
As palavras têm a capacidade de se transformarem, até poder adaptar-se ao meio,
adotando a forma dos seus lábios que lhes dão vida e dos ouvidos que as recebem são rosas e espinhos.
Neste mundo muitas das vezes são tudo por serem a forma básica de nos fazermos entender.
#helennasouza

Nenhum comentário:

Postar um comentário