quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Joias raras

***Joias raras***
Já há alguns anos que eu adquiri o hábito de me assentar
em frente ao meu computador e despejar um amontoado de muitas palavras,
desabafar tudo que sinto durante o dia,
dentro desta incrível parafernália tecnológica.
Mas ainda sinto muito prazer em enviar para as minhas lindas amizades,
até mesmo desconhecidas virtuais que um dia leram algo que escrevi e gostaram.
Mas na maioria das vezes vou me deitar tão tarde,
mesmo assim sinto esta necessidade,
quase uma doce obrigação de extravasar uma enxurrada de sentimentos,
emoções que ficam engasgadas dentro de mim todo o meu santo dia
e eu fico aflito pra que chegue a noite depressa e poder despejar aqui os meus sentimentos.
Tornou-se um agradável vicio,
me deleito em tirar de dentro do meu coração estes pensamentos
que ficam endoidecidos pra serem libertados.
Assim preencho os vazios e ocupo os espaços que depois estão ao léu com coisas mais profundas.
E agradeço a você por ter também todos os dias a virtude da paciência de ler estes meus desabafos,
que felizmente me aliviam a alma e o coração.
Obrigada pelo carinho, amigos especiais como voce sao joias raras.
#Helennasouza

Nenhum comentário:

Postar um comentário